o valor do tempo

Imagina que tu tens uma conta corrente onde todas as manhãs te dão um saldo de 86.400. Não é permitido transferir o saldo para o dia seguinte, e, todas as noites o teu saldo é fica a zero, mesmo que tu não tenhas conseguido gastá-lo durante o dia.

O que fazes? Irias gastar cada cêntimo!

 Todos nós somos clientes deste banco o “TEMPO”. Todas as manhãs são creditadas a cada um de nós 86.400 segundos, e todas as noites o saldo é debitado como perda. Não nos é permitido acumular este saldo para o dia seguinte. Todas as manhãs a tua conta é reiniciada, e todas as noites as sobras do dia se evaporam. Não existe volta.

Tu tens de os gastar vivendo no presente o teu depósito diário. Investe então no que for melhor para ti: saúde, felicidade, sucesso,…!

O relógio não pára. Faz o melhor para o teu dia-a-dia.

Compreendes o real valor do tempo?

  • Para compreenderes o valor de “um ano”, pergunta a um estudante que repetiu o ano.
  • Para compreenderes o o valor de “um mês”, pergunta a uma mãe que teve o seu bebê prematuramente.
  • Para compreenderes o valor de “uma semana”, pergunta a um editor de um jornal semanal.
  • Para compreenderes o valor de “uma hora”, pergunta aos amantes que estão à espera para se encontrar.
  • Para compreenderes o valor de “um minuto”, pergunta a uma pessoa que perdeu o comboio.
  • Para compreenderes o valor de “um segundo”, pergunta a uma pessoa que conseguiu escapar a um acidente.
  • Para compreenderes o valor de “um milésimo de segundo”, pergunta a alguém que ganhou a medalha de prata numa olimpíada.

Aprecia cada momento que tu tens! E aprecia ainda mais se dividires com alguém especial, especial o suficiente para gastar o seu tempo contigo.

Lembra-te sempre que o tempo não espera por ninguém!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

top
pt_PTPT
en_USEN pt_PTPT